Escolha uma Página

Lu Paternostro

Chamo-me Luciana G. Paternostro. Sou artista plástica, designer, ilustradora, amante da fotografia e da cultura tradicional do Brasil. Nasci e vivo em São Paulo, na capital. Já participei de várias exposições coletivas e de publicações do segmento da arte e design. 

Formei-me em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP, onde tive a oportunidade de ser aluna de importantes artistas brasileiros como Julio Plaza, Nelson LeIrner, Evandro Jardim, Regina Silveira, Donato Ferrari, Donato Chiarella, dentre outros.

Porém, devido minha atividade na área de turismo e hotelaria, segmento principal atendido pela minha empresa, a OPY Comunicação e Editora, me pós graduei em Planejamento e Marketing Turístico pelo Senac/SP. 

Acreditando que pudesse juntar o meu conhecimento em design com o turismo, tendo como célula principal as cidades e seus aspectos culturais, característicos e próprios de cada uma, e sabendo que não poderia abarcar as cidades do Brasil, criamos e produzimos, junto à equipe da OPY, o Portal Cidade Paulistas, um guia on line de cidades de São Paulo. 

Coordenei o portal de 2007 até 2011, porém, por total falta de interesse e apoio de empresas, das prefeituras paulistas, instituições de turismo ou mesmo do governo de São Paulo, tive de me afastar. Hoje é uma das melhores e mais completas referências para pesquisa sobre as cidades paulistas na web.

Como designer desenvolvo ininterruptamente trabalhos com meu grafismo, principalmente da série Mundos Intrincados, desde a década de 80, gravitando entre a expressão artística, a arte aplicada, integrando as minhas ilustrações ao design de produtos e peças publicitárias. 

Atualmente exploro a arte multimídia também, migrando meus grafismos para um ambiente interativo, permitindo a participação do público na minha criação, explorando novos meios que permitem a fruição de meus desenhos, personagens, cenas e mundos intrincados que vou criando. 

Aguardo você para realizarmos projetos bacanas, criativos e, se curtiu meu trabalho, divulgue para seus amigos! 


Museu de Arte do Parlamento de São Paulo

Emanuel von Lauenstein Massarani

Os desenhos de Lu Paternostro constituem uma espécie de exorcismo e, mesmo que revele a extraordinária habilidade da artista, suas minúsculas imagens englobadas numa só obra, parecem “explodir” automaticamente como um sortilégio ou uma obsessão.

Embora sua inspiração seja transcendental, nada é casual na sua execução. Cada particular é analisado e estudado minuciosamente. As figuras e as cenas, sejam elas estranhas ou harmônicas, são elaboradas numa linguagem clara e positiva, são aparições de grande sensualidade. O estilo é firme e também delicado, às vezes intrigante e apocalíptico mas intimista e pessoal.

Expressionismo e surrealismo estão hoje bem longe da chamada arte contemporânea, entretanto combiná-los de maneira tão pessoal evocam o lado lúdico profundamente ressentido pela artista. A justaposição de uma certa folia à razão, fazem com que suas criações circunscrevem o conjunto das atividades resultantes do desejo humano de “ultrapassar um limite”, de alcançar “o impossível.

Absolutamente monocromáticas suas criações são ao mesmo tempo cômicas e angustiantes. Representam muitas vezes um tumulto incessante, um vendaval implacável que agita e contorce as próprias formas.Guardadas as proporções, a obra de Lu Paternostro poderia ser comparada com a de Hieronymus Bosch: são imagens sensuais, alucinantes, com certa passionalidade, que demonstram a livre determinação de enfrentar a realidade da vida. Embora não assumindo uma posição entre o bem e o mal, ela exprime, sim um aceitação da vida como ela é, vida que deve ser vivida com dignidade e uma compreensão racional da natureza irracional do ser humano.